Eu já viajei pelo mundo e peguei muitas ondas perfeitas, mas Maldivas sempre foi um sonho!

Fiquei meses imaginando como seria surfar em fundo de coral, no arquipélago de águas cristalinas e em algumas das melhores ondas do mundo.

Hoje, no meio do oceano desse lugar paradisíaco, essa trip tá sendo muito além da busca de ondas inesquecíveis. Essa é a minha primeira boat trip, e a felicidade de estar num barco com dez meninas que respiram surf, aqui no outro lado, é surreal. Algumas são amigas, irmãs, e outras estão se tornando. Cada uma com sua história e todas com o mesmo brilho nos olhos por estarem vivendo esse sonho junto comigo, e descobrindo tantas coisas em comum entre nós.

A diferença de cultura é chocante e faz refletir. O contraste está presente por todos os lados. As águas são tão limpas que dá pra mergulhar vendo as tartarugas, e a quantidade de lixo nas ilhas é muito triste. Realmente, é um sinal do tamanho do impacto que a humanidade tem no nosso planeta. Precisamos mudar nossas atitudes e sermos mais concientes nos nossos consumos e hábitos diários.

O frio na barriga de pular do barco pra pegar onda é uma emoção única também. A trip tá sendo especial, e ao mesmo tempo um desafio para superar as nossas expectativas em relação à qualidade das ondas. A Júlia Santos, campeã do Seaflowers Digital, vem surpreendendo e quebrando muito como no Campeonato. Já rolou Hurley Surf Clube eu tô muito feliz em ver a evolução das meninas a cada session de surf!

Acompanhem no meu Insta um pouco da vibe dessa trip dos sonhos, @ma_wernecke comentem aqui embaixo o que querem saber. Vão rolar vídeos de diário de bordo pra mostrar tudo pra vocês na minha volta!

Obrigada Ocean Travel por proporcionar essa viagem tão incrível.